« Ecos do Momento »
Digo o que sinto. Mas, acima de tudo, sinto sempre TUDO o que digo...
08 de Novembro de 2010

 
"...O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma ...que se não sente bem onde está, que tem saudades... sei lá de quê!"
(Florbela Espanca)
 
Ecos às 19:36
música: Poison - Only Time Will Tell
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
mais sobre mim